Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 24 de outubro de 2010

Mudança de vida C?

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

Um pouco de mim'! ' Garibaldi Bruno 19-11-1991

Começar um blog novo é como fazer aniversário. Você respira fundo, fecha os olhos e promete pra sí mesmo que vai ser diferente. E então você se empolga com as páginas branquinhas que você pode colorir com a cor que quiser.


Diferente do tal do twitter, no blog você não se limita a 140 caracteres e pode, além de falar da vida, se manifestar, causar polêmica, soltar o verbo. E no meu "Olhar de Um Guarda" prevalece a liberdade de expressão. Bem-vindos!

Bom pra quem não me conhece sou um jovem de 18 anos, quase 19 anos. Estudei da primeira seria até a oitava no SESI 338 pra quem não conhece fica na Boa Vista, depois sempre no batidão conhecido e popular no meio da juventude com o brilho no olhar encarei a realidade e fui estudar de verdade com o futuro incerto no SETA. Primeiro, segundo e terceiro ano, ou melhor dizendo ensino médio... muitos amigos, boas notas, muitas saidinhas, altas gincanas, horrores de fotos, sempre tinha um problema aqui e outro ali, formatura inédita e perfeita até nos detalhes, simplesmente três anos de farra. Ao me deparar hoje já estou na faculdade primeiro ano de psicologia, já dirijo tenho o meu carro, as minhas contas, cartão de créditos & cheques; quando faço uma alta analise de mim mesmo percebo que travo comigo uma historia, um livro, uma coisa linda de ouvir e de se contar, passei dias de grise sim mais muitos de felicidades e sorriso no rosto. Por isso trago um brilho no olhar um cede de conhecimento, de caráter de poder, pois sei que hoje sou feliz’!@

... está a minha vida pessoal. Cheia de altos e baixos.

Depois desse balanço de boas-vindas ao blog, faço votos de que muitas alegrias aconteçam a mim e a vocês, para que essa energia continue fluindo por aqui.

Certamente fluirá.

Garibaldi Bruno 19-11-1991

Descrição de um certo alguém ...

Há algum tempo, pra não dizer anos, tenho tentado entender o que está acontecendo com as minhas amizades e, juro, tento acompanhar o processo de "virar gente grande", que trás implicito uma certa solidão madura. Uma solidão que não agride. É conformada.

Me conformo que tenho muitos, mas muitos, amigos que posso ligar pra sair, dar uma volta, beber a noite toda. Mas me perco entre nomes na agenda do meu celular quando preciso conversar sobre a vida, sobre os erros que tenho cometido, sobre o tão falado amor, sobre a vontade de ser feliz e a liberdade que me invadiu a vida e me trouxe uma certa paz interior e uma pessoa nova se olhando no espelho.

Já me decepcionei com muita gente e aprendi que não é por isso que não me decepcionarei nunca mais. Acontecerá diversas vezes. Mas a diferença é a frequência com que isso acontece, bem menor. Não me envolvo tanto mais. Deixo tudo no superficial, porque o que menos preciso é de pessoas que não fazem questão de profundidade nenhuma.



Mas há as que merecem. Ainda tenho aqueles amigos que insiste em mim, mesmo eu sendo o mais desligado e ausente. Aqueles que me ligam interessado nas minhas histórias, nas minhas pouquissimas viagens. Aqueles que toda semana sai comigo pras baladas.